sábado, 22 de janeiro de 2011

Counter-Strike


Introdução:

É mesmo, Goomba vai começar revisando um jogo muito con
hecido na internet e principalmente pelo povão.
Porque tanta fama? bom isso vamos descobrir na revisão
do jogo logo abaixo:

O Jogo:
Muitos “entendidos” podem chamar falar que Counter-Strike é o “PAI” dos multiplayers do gênero FPS, mas não é bem por ai!
O Prim
eiro Multiplayer de grande sucesso e a inspiração para Counter-strike do gênero FPS foi Goldeneye de Nintendo 64, portanto de inovador Counter-Strike tem muito pouco.
Os gráficos do jogo são... Estranhos, principal
mente a mão do seu personagem parece mais uma tabua com textura. Basicamente o jogo original não tem single-player, apenas o Multiplayer que pode ser jogado em LAN ou Internet. Você começa com um tanto X de dinheiro, o dinheiro é usado para comprar armamentos ou equipamentos, você pode adquirir mais dinheiro derrotando outros adversários. O Único modo presente no jogo é objetivo, plantar a bomba, ou defender a bomba. Tudo citado funciona muito bem, mas nem tudo são flores.

A Jogabilidade:

O jogo tem uma jogabilidade um tanto estranha, o seu personagem é bem rápido digamos que corre como um cavalo (é o que o som de cada passo aparenta ser), você pode atirar, pular, agachar e com certas armas até mirar. O grande problema da jogabilidade de Counter-Strike é que, o que era para ser rápido se torna chato e lento, porque cada vez que você é atingido os controles simplesmente CONGELAM, seu personagem fica em modo tartaruga, ou seja, se você está em um combate corpo a corpo com um adversário, vence quem der o primeiro tiro, é possível escapar da linha de fogo, mas seria muito melhor se os seus controles não ficassem trancados quando você recebesse tiros, o seu personagem provavelmente é algum tipo de mongo profissional, pois ao em vez de te permitir correr para escapar da linha de fogo, fica recebendo o chumbo quietinho.

Equilibrio:

Todo FPS deve ter uma linha de equilíbrio entre as armas, todos os jogos de tiro tem algum tipo de falta de equilíbrio, ou se preferir, algum modo de apelação, só que no Counter-Strike o equilíbrio entre as armas praticamente mal existe, porque cada time tem uma arma "deus" e que obviamente, todo mundo usa. Cito como exemplo M4 Carbine, ou para os fãs de CS, Maverick, não me pergunte de onde os criadores do jogo tiraram esse nome, provavelmente eram fãs do carro.


O
som:

Uma das piores partes do jogo é o som. O som do jogo é muito alto, é tão alto que o som perde toda a definição, o barulho dos tiros é irritante e os passos do personagem parecem o som produzido por galpões de um cavalo correndo na estrada. As vozes também não ficam para trás, os famosos "Fire in the hole!" ou "Need backup!" gravam na mente porque são poucas as falas do jogo, mas o pior de tudo nas vozes é quando do nada surge um carroceiro falando algo indescritível, provavelmente a voz foi gravada dentro de um forno.


Os gráficos:

Provavelmente, nem quando o jogo foi lançado os gráficos eram considerados bonitos, os modelos lembram jogos do Nintendo 64 banhados de polígonos, como eu já citei, a mão do personagem parece uma tábua, o modelo das armas é o ponto mais positivo dos gráficos, são bem feitas, as granadas mal representam o que deveriam ser, parecem mais toletões de coco ou algo do tipo.


Os cheaters:

O jogo é famoso onde? Sim, no Brasil, o país dos Cheaters, a cada Server encontrado, 95% dos jogadores usa algum tipo de Cheater, e isso deixa o jogo sem graça tirando o pouco de diversão que ainda consegue passar, não preciso falar muito dos cheaters, pois todos sabem que são retardados que não sabem jogar e nem tentam aprender.


Conclusão: 

Counter-Strike, mesmo com todos os aspectos negativos, merece algum respeito, pois foi um dos primeiros jogos de tiro ONLINE. Mas o que deve ser lembrado, é que por mais bem comentado, Counter-Strike peca em muitos aspectos, e que o jogo só tem fama por ser "modinha", porque eu posso garantir que quem conhece outros First Person Shooters, consegue ver que Counter-Strike não tão bom como dizem ser. Vai para o cantinho da disciplina.


Comentários
9 Comentários

9 comentários:

Celso disse...

Ótimo review, continue assim, Jordã (Ou deveria dizer... Harkuna?).

Manolo Dog disse...

Aew Jordã! mto fods a review!

Leonardo_xD disse...

Bom review, concordo com o q vc diz sobre o jogo.
essa gente tinha q jogar CoD.
q

Sanches disse...

Não concordo.

ADMIN_KURONO disse...

você realmente nunca viu counter strike source nao é ? :)

israel disse...

esse kra e retardado cs e muito bom nao tem comparaçao e se vc nao sabe a arma maverique tem esse nome pois algumas armas do cs nao sao licenciadas antes de criticar tanto o jogo o conheça a sua dificuldade e o jogo na e so feitos de graficos bons e sim como o jogador se interage com o jogo !va aprender a pelo menos criticar ok !

lauro disse...

calaboca blog lixo blockiei o ip dele no meu pc

Anônimo disse...

HMMM, povinho babaca, é só uma analise, todo mundo tem uma visão diferente sobre os jogos. E Kurono, meu amigo aqui esta falando do CS normal, não do Source, e sim ele conhece, tanto que já jogou e achou melhor. Antes de falar merda, leiam tudo e vejam que meu amigo aqui não esta falando que CS é uma bosta fudida, e sim que ele não é tão bom em alguns aspectos, mas em outros pode ser otimo.

Sr. Anonimo

Anônimo disse...

Que lixo de review